quarta-feira, junho 20, 2007

WXC 9.0 no Monte de S. Martinho

Tal como tínhamos combinado o pjfa e eu, hoje fomos dar uma voltinha para experimentar a minha WXC 9.0 de dia.
Um dos percursos era subir o Monte de S. Martinho. O outro, era em direcção ao Aeródromo, passando pela Sr.ª de Mércules.
Saímos por volta das 19h10 rumo ao Single das Palmeiras pois, queria voltar a fazer de dia aquele percurso que tanto me intimidava.
E lá fomos nós.
O meu primeiro teste foi uma descida algo acentuada que o pjfa se lembrou de fazer, só para ficar na foto. Consegui fazê-la na boa, apesar do coração palpitar de tal maneira que parecia que ia sair da boca.
Passámos pelo tal Single e o pjfa nem conseguiu tirar a foto, tal foi a rapidez com que eu passei naquele trilho.
E lá seguimos nós, rumo ao Monte de S. Martinho, e eu sempre a comentar "a minha bici é um show". Sentia-me superconfiante.
Confesso que ia com um pouco de receio pensando que não iria conseguir fazer aquela subida.
E sabem que mais? Consegui, sem fazer uma única paragem, sem colocar o pé no chão.
Segui por ali acima e, apesar de muitas vezes sentir a bici a dar de rabo, conseguiu sempre responder e devorar aquelas pedrinhas todas.
Cheguei lá acima quase ao mesmo tempo que o pjfa, mentira, ele chegou um pouco antes :)
Subimos até ao Marco Geodésico e tirámos algumas fotos.
Agora era a vez de descer.
A descida fez-se bastante bem e quase que nem recorri aos travões.
O percurso pela Sr.ª de Mércules fez-se sem qualquer contratempo e parámos apenas quando chegámos ao alcatrão, para beber água.
Seguimos em direcção ao Aeródromo.
Passámos alguns charcos. Tivemos de passar dois a pé.
Já junto ao Aeródromo, invertemos para a Feiteira, onde fizemos parte do Circuito de Manutenção e seguimos em direcção ao Frigorífico.
Quando entrámos em CTB, quiz seguir o exemplo do pjfa, galgando o passeio mas, entrei muito paralelamente ao mesmo e, a bici teve uma reação estranha, dando muito de traseira mas, não fui ao tapete porque o amortecedor fez o seu trabalho. Com a Sirla, teria ido ao chão, de certeza.
A volta acabou pelas 20h55.

2 comentários:

disse...

Olá Poppi!
Isso é que é rodar com a bike nova! Quase todos os dias!
Ainda bem que te estás a adaptar e é à tua medida.
Reparei nas fotos que o selim está algo baixo. Está muito abaixo em relação ao guiador, e também ficas com a perna muito dobrada quando o pedal vai abaixo. Talvez se levantares um pouco o selim as voltas se tornem ainda mais confortáveis.
Beijinhos.

Miguel K2 Sampaio disse...

Olá Confrade "Canyonista"
Eu sou o Miguel "K2" Sampaio e sou do Porto, vim parar aqui por mero acaso, mas não deixei de ver que são uns aficionados das Canyon. No meu grupo, salvo erro, existem cerca de 5 do qual o meu irmão tem uma Nerve 9.0 e o meu sobrinho uma 7.0 (acho eu).
Reparei e estou de acordo com post anterior que diz que o teu selim está um pouco baixo. Tenta subir um pouco, mas pouco de cada vez, desde que não te sintas desconfortável até chegares á altura certa. Se se quiserem divertir um pouco aconselho a visitar o blog do qual eu pertenço e que é o seguinte:
www.grupo-bcg.blogspot.com
1 abraço e um queijo da serra
Miguel K2 Sampaio