quinta-feira, agosto 24, 2006

1 2 3 4 5 6 7 8 9 e 10

10, 9 e 8.
O Nuno Diaz, devido a lesão, apareceu para cumprimentar o pessoal.
O Roxo tinha compromissos e, quando a Cube furou, seguiu caminho.
8 chegaram ao destino, já noite escura e esta volta teve uma sensação de "déjà vu".
O Varadero, combinou com o grupo, tirar as fotos na Ponte Romana, junto ao parque de campismo. Mal sabia ele, que a aventura do single track da Feiteira se iria repetir.
Após passar a linha do "caminho de ferro", furo na Maverick. O Sr. Cabaço quer mesmo ensinar o pessoal a remendar um furo. Desta vez, fê-lo com um método alternativo: vedou o orifício com um pouco de borracha e o produto anti-furo fez o resto, após encher com ar comprimido, numa bomba própria para o efeito.
Tempo ainda para orientar um grupo de 2 adultos e 4 crianças que andavam a explorar os trilhos.
Lá seguimos, pois o Varadero estava à espera da passagem da "caravana".
E assim foi, todos a posarem para o melhor "boneco". Bem hajas Varadero. Hoje por nós, amanhã por ti ;)
Pouco depois, a filha do Sr. Cabaço não querendo deixar mal o seu pai, decidiu furar o pneu traseiro. Qual não é o nosso espanto quando, já com a câmara de ar a ser substituida, se ouve um silvo muito breve. Mistério... foi o pneu da frente que também furou.
Pouco depois, já estava uma pequena multidão, qual equipa de mecânicos de Fórmula 1, agarrados às rodas. Uns retiravam o pneu, outros procuravam a câmara de ar nova, outros ainda, tiravam fotografias (para posterior análise), outros intrigavam-se sobre como retirar a ponte dos travões. Enfim, se dúvidas existiam sobre a muda de pneus, ficaram, concerteza, dissipadas. Nota: desta vez, retirou-se atempadamente a anilha do pipo antes de colocar a câmara no interior do aro.
Depois de tudo verificado, arrumado e inspeccionado, seguimos em direcção à Pedra da Légua.
Para aqueles que poderiam não encontrar o trilho certo, o Sr. Cabaço ia deixando a ferramenta pelo caminho (pois, pois, a bolsa é para fechar depois do serviço terminado). Nova paragem para entrega das ferramentas ao Sr. Cabaço.
Mais uma subida e, já o pessoal estava a testar as luzes. Até Castelo Branco, tempo para ensaiar o êxito do verão da comunidade BTTista: o "Verão Azul". Acabámos a volta com o salto aos rail´s e conversa na Pires Marques.



































Mais em: Mulheres no BTT

4 comentários:

disse...

Obrigado ao pessoal pelas luzes emprestadas quando caíu a noite. Eu não vía um boi à frente! Foi uma volta muito divertida, como sempre. Se não fosse a falta de luzes, ainda fazia mais 20 km!
Até breve!

martins disse...

era uma lua cheia...hehehehe

Norberto disse...

Que inveja ao ver estas fotos... e já começo a ver com nostalgia as fotos das voltinhas deste Verão, pois na próxima semana vou, em princípio, fazer as despedidas das voltas regulares da semana :(, já que o trabalho assim o exige e o regresso a Coimbra está iminente.
De qualquer forma no sábado faço uma visita ao local de partida do costume!

rarn disse...

Olá pessoal.
Estas voltas são sem dúvida um tratamento "relaxante".

As semanas começam a ser encaradas de forma mais positiva, pois estas tardes de BTT "revitalizam corpo e mente".

Por mais pequenos que sejam os passeios, o convívio preenche o resto.

Esta foi a última volta que demos com a companhia de PLUTÃO como planeta, o pobre foi desclassificado ... ao fim de tantos anos.
Quais serão as "cunhas" dos três novos planetas que vão entrar no nosso sistema solar? :)

Terça-Feira, com ou sem plutão lá estarei.

Até lá, um abraço a todos.

rarn